Renovação de frota sinaliza mercado aquecido para locação de máquinas

Renovação de frota sinaliza mercado aquecido para locação de máquinas

Sotreq atende aos locadores e também assessora no pós-venda, para adequar o projeto à demanda

 

O mercado de locação de máquinas e equipamentos permanece em alta, devido à praticidade e aos custos baixos, entre outras vantagens da modalidade. Prova disso é a renovação constante das frotas pelas empresas que locam, como fez recentemente a Lafaete Locação de Equipamentos, uma das maiores do Brasil e que mais uma vez confiou na Sotreq, representante da Caterpillar, para colocar novas máquinas à disposição de seus clientes.

Entre o fim de 2018 e o início deste ano, a empresa renovou 35% das motoniveladoras e 8% da frota total. Felipe Silva, gerente de equipamentos da Lafaete, explica que o que é levado em consideração é o TCO (custo total da propriedade) e também a aceitação do equipamento pelo mercado. “Não adianta comprar algo só pelo preço se não tiver uma boa aceitação”, afirma.

Investimentos

“No caso da Cat® 140K, ela é praticamente sinônimo de motoniveladora”, avalia Felipe, referindo-se às 13 máquinas Cat® adquiridas pela empresa para locação. Os equipamentos fazem parte de um pacote de aquisições de R$ 28 milhões para a renovação da frota, sendo R$ 10 milhões para este ano. “Temos um bom atendimento da Sotreq, tanto comercial quanto no pós-venda”, afirma o gerente.

A Lafaete trabalha com a Sotreq desde 2012. As primeiras máquinas compradas foram minicarregadeiras e pás-carregadeiras. Nos dois anos seguintes, outra família de máquinas entrou para o rol: a das motoniveladoras. Ou seja, a confiança fez aumentar tanto a diversidade quanto a quantidade de máquinas vendidas. Atualmente, a empresa usa o VisionLink, que é o software de monitoramento da Sotreq, além de comprar também peças
 

Com nove filiais e atuação em todo o Brasil, a Lafaete está entre os maiores locadores de máquinas do Brasil e presta também serviços que envolvem terraplenagem. O mercado é promissor, uma vez que locar uma máquina é, na maioria das vezes, mais vantajoso. O locatário tem mais ganho e produtividade, já que a preocupação é com a entrega do produto final, ou seja, fica sem se preocupar com a manutenção do equipamento, que fica por conta do locador.

Grande cliente

O representante de vendas de máquinas novas do segmento Construção da Sotreq, Antonio Carlos Lage, diz que a Lafaete é um grande cliente e que todos os esforços estão sendo feitos para uma participação mais expressiva na sua frota. Foi o que aconteceu nesta recente venda à empresa, na qual o trabalho consultivo prestado incluiu a avaliação, a apresentação de custos de propriedade e operação de alguns modelos.