Redes de hospitais em SP e no DF adotam geradores Cat® ao ampliar estrutura

Redes de hospitais em SP e no DF adotam geradores Cat® ao ampliar estrutura

Inaugurada em fevereiro, a primeira unidade completa do hospital Sírio-Libanês fora de São Paulo (SP), localizada em Brasília (DF), é operada com sistema de energia emergencial garantido por grupos de geradores Cat®. Além de fornecer os equipamentos, a Sotreq foi a responsável pelos serviços de engenharia e gerenciamento de entrega, start up, testes integrados e treinamento operacional.

 

Foram disponibilizados dois equipamentos para as cargas emergenciais e quatro para funcionamento em formato de usina. Nos casos de falha da rede concessionária, os grupos geradores (2 x C15-500kVA) assumem a carga emergencial, enquanto os equipamentos maiores da usina (4 x C18-750kVA) sincronizam com os de emergência para fornecer energia a todo o hospital. A unidade paulista do Sírio-Libanês também utiliza geradores Cat®.
 

Segurança na operação

A unidade de Brasília possui mais de 30 mil metros quadrados, 144 leitos, 30 UTI's, seis salas de cirurgia equipadas com os mais modernos recursos e prontas para cirurgias robóticas, entre outros. Trata-se de um hospital com aproximadamente 500 profissionais de saúde e 200 médicos.

 

Segundo o gerente de contas da Sotreq, Fabio Vieira, além da confiabilidade característica dos equipamentos Cat®, a maior fabricante de motores do mundo, equipes técnicas e de suporte da Sotreq ficam à disposição das unidades hospitalares atendidas. "Também oferecemos amplo estoque e com plano de proteção de peças de reposição para dar ainda mais segurança à operação hospitalar", afirma.

 

Hospital São Camilo

Referência no setor da saúde da capital paulista, o hospital São Camilo também optou pelos geradores Cat® ao expandir sua estrutura. A ampliação da unidade Pompeia ocorre na área médica e assistencial, com foco no crescimento das linhas de cuidado de oncologia, geriatria, obesidade, centro da mulher e reabilitação.

 

A modernização é uma das frentes adotadas pelo projeto. “Haverá um aumento da capacidade instalada de parte da infraestrutura do hospital, abrangendo o parque de geradores diesel, subestação de energia, data center, sistema central de climatização, correio pneumático e unidade de armazenamento de resíduos para coleta externa”, diz o diretor de Operações da Rede São Camilo, Anderson Cremasco.

 

Entre outros equipamentos, foram fornecidos pela Sotreq três grupos geradores modelo C27 – 1.000kVA, com sistema de controle integrado. O projeto inclui, ainda, a validação dos projetos executivos, o acompanhamento das instalações eletromecânicas por equipes de engenharia, o gerenciamento e a entrega técnica dos equipamentos, testes integrados do sistema de geração, treinamentos técnicos e operacionais e a operação assistida da planta de geração.

 

A obra de expansão da unidade Pompeia será de 23.410 m². Com essa ampliação, o hospital aumentará cerca de 20% o seu número total de leitos - dos 354 atuais para 424 após o término da construção do bloco 5.