Grupo Sotreq apoia projetos sociais por meio de leis de incentivo

Grupo Sotreq apoia projetos sociais por meio de leis de incentivo

Ações que contribuem para a defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes recebem apoio da empresa

 

Responsabilidade social é uma premissa no Grupo Sotreq. O apoio a projetos sociais por meio da aplicação de parte dos valores pagos em impostos é uma iniciativa de alto impacto. Trata-se de uma forma de destinar recursos diretamente às comunidades em que atuamos nas diversas regiões do Brasil. “Buscamos fomentar ações de cunho cultural, esportivo e social a partir da promoção de projetos e programas que colaboram para a transformação social. Contribuir para o desenvolvimento das comunidades é uma prioridade do Grupo Sotreq”, explica Danielle Caria, Analista de Responsabilidade Social do grupo Sotreq.

 

Conheça alguns dos projetos apoiados pela Sotreq e Soimpex

 

Entre os projetos incentivados pela Sotreq está o “Reabilitação Multidisciplinar Integrada na Deficiência Física”, da AACD. Os valores aplicados no projeto foram destinados ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – FUMCAD/SP e abatidos do Imposto de Renda. Com a execução do projeto, espera-se beneficiar pelo menos 160 crianças e adolescentes de 0 a 17 anos com deficiência física e residentes no município de São Paulo.

 

Durante o projeto, serão desenvolvidas terapias como reabilitação virtual, bandagem, pilates, condicionamento físico e fotobiomodulação.  “Esse apoio é fundamental para a manutenção e ampliação do  trabalho da AACD em levar melhor qualidade de vida às crianças e adolescentes com deficiência física. Além disso, proporciona inclusão familiar e social”, afirma Edson Brito, superintendente de Marketing e Relações Institucionais da AACD.

 

Na cidade de Sumaré, interior de São Paulo, a Associação de Equoterapia Carinha de Anjo (A.E.C.A) conta com a ajuda de cavalos para auxiliar no desenvolvimento de habilidades em crianças com deficiências, como autismo, paralisia cerebral, síndrome de Down, entre outras. “Ações como as oferecidas pela empresa Sotreq, através do repasse feito ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, proporcionam a ampliação do número de crianças atendidas, aumento de colaboradores, aquisição de materiais terapêuticos e equestres”, explica Mirella Spinelli, coordenadora do projeto.

 

Na Escola Mágica, a cultura popular do circo é apresentada em escolas públicas por meio de shows de mágica. No primeiro semestre, o espetáculo foi visto por mais de 12.000 crianças, que também receberam uma cartilha sobre o ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente. “Conseguimos o patrocínio total da Sotreq e Soimpex, o que nos permite viajar e chegar às escolas de forma gratuita. Sem este apoio, jamais conseguiríamos essa façanha. Todas as instituições que visitamos até agora são unânimes em reconhecer o esforço das empresas nesta empreitada”, garante Claudio Luiz Pena Medina, conhecido como Kradyn, que desenvolve o projeto ao lado da esposa Eliana Aparecida da Silva Medina e da filha Carolina Luiza.

 

O projeto “Onde moram os livros – Bibliotecas do Brasil” também recebe o incentivo da Sotreq. Serão impressos 2 mil exemplares para distribuição gratuita em escolas da rede pública municipal, com a história de seis grandes bibliotecas brasileiras, além de apresentações teatrais. “Com esse apoio, a Sotreq contribui para a formação de leitores. Um bom leitor de livros será um bom leitor de mundo, uma pessoa mais apta a encontrar soluções criativas. Investir na formação de leitores é investir na cidadania, auxiliar na construção de um país melhor”, explica Daniela Chindler, autora da obra e diretora da empresa Sapoti Projetos Culturais.

 

O Garoto Cidadão é um projeto cultural de desenvolvimento humano voltado para crianças e adolescentes que proporciona experimentações artísticas (dança, música, teatro e artes visuais). O objetivo é contribuir para a educação formal de tempo integral em diversos municípios. Em 2018, 1.500 crianças e adolescentes realizaram 115 apresentações gratuitas para 55,8 mil espectadores. “O apoio da Sotreq é de suma importância para colocar em movimento o Caminhão Circula Brasil, que leva cultura às comunidades com pouco acesso”, conta Fábio Silvestre da Silva, gerente de projetos da Fundação CNS.

 

SERVIÇO

A Sotreq é plural na ação junto às boas causas. Apoia projetos culturais (via Lei Rouanet e Lei Municipal do Rio de Janeiro); esportivos (Lei Federal de Incentivo ao Esporte); para infância e adolescência (Fundos para Infância e Adolescência); idosos (Fundos Municipais do Idoso); pessoas com deficiência (PRONAS/PCD); além de projetos de atenção oncológica (PRONON).

 

Pessoas físicas e jurídicas com ações que contemplem nossa diretriz de apoio com incentivo fiscal podem entrar em contato com a área de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo Sotreq por meio do formulário: http://gruposotreq.com.br/cadastro-de-projeto-com-incentivo-fiscal/